1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Plugin - Cep Fácil - Virtuemart

Estamos lançando o plugin CEP FACIL para VIRTUEMART, o plugin facilita no cadastro de usuários ao completar automaticamente o endereço após a digitação do CEP. Este é o melhor e mais barato plugin do mercado custando apenas R$20,0 bastando apenas instalar e ativar e já esta funcionando.

 

DEMO:

 

http://minhalojafacil.tk/painel.html

 

Download:

 

http://www.suporte.desenvolvefacil.com.br/cart.php?gid=2

 

Loja Joomla Oficial:

 

http://extensions.joomla.org/extensions/extension/extension-specific/virtuemart-extensions/cep-facil

Encontre fotos "perdidas" em sua caixa postal com o Lost Photos

Antigamente as pessoas vasculhavam gavetas e caixas de sapatos para encontrar fotos antigas. Mas agora vasculhamos arquivos digitais, como contas de e-mail. O Lost Photos (grátis na versão Windows, US$ 3,00 pela versão Mac) é um aplicativo muito útil que facilita a tarefa de recuperar suas imagens.

Leia mais...

Dez dicas para iniciantes em Programação!!!

 

 

 

1 – Todo programador tem que saber lógica de programação, não existe programador sem lógica.

2 – Ninguém quer te ajudar, a não ser que a pessoa que você pediu ajuda ganhe algo com isso. As pessoas já tem problemas demais para ficar resolvendo os seus.

3 – Você sempre será um estudante. Sempre tem algo à aprender.

4 – Você não é pior que ninguém, e ninguém é melhor que você. Todos nos somos inteligentes, ninguém é “burro”. Apenas algumas pessoas são mais estudadas que você.

5 – Você não tem que gostar de ler, mais também não pode odiar. Você pode não gostar de ler um livro com tema amoroso, ou dramático, mas um livro sobre programação ( Que é o que você estuda ) você tem que gostar. Se não gostar… porque está tentando aprender à programar?

6 – Qual é seu objetivo? Aprender à programar ou criar um keylogger? Ou um Trojan ? Ou um cheat para trapacear um jogo? Se quer mesmo aprender a programar dedique à aprender e não à seguir tutoriais com códigos prontos e copiar e colar sem saber o que faz.

7 – Se você acha que está muito difícil aprender a programar, calma, descanse depois volte aos estudos e leia novamente, tente entender. Se você acha que não consegue mesmo, tire isso da sua cabeça, em si já é uma barreira.

8 – Comece do começo, pra que vai tentar aprender uma coisa avançada se você não sabe nem o básico? Um bom exemplo para isso é a escola, pra que um professor vai ensinar figuras de linguagem aos alunos se eles não sabem nem ler? Tentar aprender pelo avançado de uma vez é perda de tempo.

9 – De início escolha uma linguagem mais simples. Antes de estudar linguagens de baixo e alto nível, eu recomendo você estudar HTML para você se familiarizar com códigos. Logo, recomendo Visual Basic, Pascal, Python, uma destas linguagens para início.

10 – Pesquise, Raciocine !! Use seu cérebro, não peça programas prontos onde você só se dá o trabalho de colocar seus créditos.

 

 

 

Tocar bem o negócio na web dá lucro em 6 meses

14/06/2012 | Diário de S. Paulo - SP
Alexandre Moreno/Agência BOM DIA


Abrir um negócio sem se preocupar com a sala comercial. Essa é a condição do e-commerce que mais atrai futuros empreendedores, até mesmo os micro e pequenos.

A “loja”, no caso, é um site. Ao lado você tem exemplos de custos e tipos de páginas. É bom lembrar que investimentos com publicidade (essencial, pois os consumidores precisam saber que sua loja existe) e com a compra de mercadorias não estão dentro dos custos que aparecem ao lado - ali, só o montante para “abrir” o site.

“Se fizer direitinho o ‘dever de casa’, possivelmente no período de 6 meses a 9 meses o empreendedor vai faturar pelo menos 10 vezes o que investe em propaganda. Existem casos de lojas que investiram R$ 3 mil e faturaram R$ 30 mil e casos de lojas que investiram R$ 30 mil e faturaram até R$ 300 mil”, afirma Jaqueline Aparecida de Almeida, gerente do Sebrae.

Leia mais...

10 motivos para você não criar uma loja virtual

 Os números do e-commerce no Brasil têm feito não só empresas do mundo físico criarem seu braço virtual na internet, como também têm estimulado muitos brasileiros empreendedores a tentarem a sorte no mundo virtual. Não quero jogar um “balde de água fria” nas empresas ou empreendedores que vislumbram no comércio eletrônico riqueza com pouco trabalho, mas posso citar ao menos 10 bons motivos para não criar uma loja virtual.

1 → Loja virtual

Meu sobrinho “manja” muito de internet e vai fazer pra mim um logotipo e uma loja virtual simplesinha mesmo.

Cai Fora!

Existem vários sistemas de loja virtual para você escolher. Próprio ou alugado (polêmicas à parte), escolha um que seja profissional, que passe credibilidade ao internauta e capriche muito no layout. Uma dica é escolher um que se adapte e vários dispositivos, já que temos um aumento no número de celulares, tablets, televisões e outros dispositivos alternativos para acesso a internet.

2 → Formas de pagamento

Pretendo oferecer para meu cliente a opção de pagamento “depósito bancário”, no meu nome de Pessoa Física, na minha conta poupança

Cai Fora!

Seu cliente quer pagar com comodidade, no cartão de crédito, preferencialmente. Existem muitas soluções atualmente que ajudam no início de uma loja virtual, entre elas PagSeguro e Pagamento Digital.

3 → Estoque

Sou esperto, vou primeiro vender, receber e depois comprar em seu fornecedor.

Cai Fora!

Para isso você precisa ter um esquema MUITO bem feito com seu fornecedor, para receber o produto muito rápido (em poucas horas) e com a garantia dele que sempre vai ter o produto disponível para pronta entrega, o que nem sempre é possível.
Seu cliente sempre quer receber amanhã. Mesmo que ele ainda nem tenha pago o boleto bancário, ele já acha que você está enrolando e atrasando a entrega.

4 → Correio e-Sedex

Não vou fazer um contrato de consumo mínimo mensal de R$ 1.000,00 com os correios só para ter taxa entrega mais barata. Quem paga é o meu cliente mesmo…

Cai Fora!

Confira uns exemplos de valores de entrega:
Sedex de 300g. de São Paulo para Brasilia = R$ 21,50
E-Sedex de 300g. de São Paulo para Brasilia = R$ 7,71
Sedex de 1kg de São Paulo para São Paulo = R$ 10,50
E-Sedex de 1kg de São Paulo para São Paulo = R$ 5,50
Você pretende conquistar o cliente de outra loja virtual, oferecendo uma taxa de entrega maior? Existem outras boas opções de empresas que fazem entrega, mas oferecer o e-Sedex no início de sua loja virtual é uma obrigação com o seu cliente.

5 → Atendimento ao cliente

Pretendo responder aos emails dos meus clientes assim que eu chegar em casa à noite, após o meu serviço.

Cai Fora!

Email, chat, helpdesk, telefone e outras formas de atendimento têm que estar à disposição do seu cliente e a resposta tem que ser IMEDIATA.
Se você não atender à necessidade ou dúvida do seu cliente rapidamente, seu concorrente vai atender.
Uma mensagem no orkut ou no twitter contra sua empresa pode ser devastadora se não acompanhada de perto e com ações rápidas.

6 → Detalhes do produto

Não tenho foto e texto legal, tô pegando em alguns sites concorrentes.

Cai Fora!

Este item é grande e merece um artigo só dele, pois o cadastro de um produto exige fotos com qualidade, especificações técnicas completas, instruções de uso e, se possível, vídeo.
Os detalhes sobre seu produto devem ser como um vendedor online, ele tem que tirar imediatamente todas possíveis dúvidas do seu cliente.

7 → Publicidade “paga“

Não vou investir em publicidade “paga“, conheço muita gente que já fez anúncios em links patrocinados e não vendeu nada.

Cai Fora!

Utilizar a ferramenta para criar um anúncio no Google Adwords é muito fácil mesmo, mas criar a estratégia do anúncio, o texto e escolher as palavras-chave de forma a investir pouco dinheiro, infelizmente não é para qualquer um, é necessário muito treino e estudo. Contrate um profissional para isso e foque seu trabalho em administrar seu negócio.

8 → Publicidade “gratuita“

Só vou investir em publicidade “gratuita“, não tenho dinheiro pra jogar fora com anúncios pagos.

Cai Fora!

Atualmente é possível conseguir publicidade gratuita de diversas formas, inclusive as mídias sociais nos ajudam bastante nisso – lógico que se usadas com sabedoria.
Há uma grande loja virtual que diz que não investe dinheiro em publicidade. Eu discordo disso, pois podemos não investir diretamente no canal de publicidade, mas precisa de alguém para criar e executar as ações de publicidade gratuita.

9 → Nota fiscal

Vou começar a vender pela internet e, se der certo, eu abro minha empresa.

Cai Fora!

Ter uma empresa legalizada não é só uma obrigação com o governo, mas principalmente com o seu cliente, que deve e sempre exigirá uma nota fiscal do produto comprado.

10 → Planejamento

Acho que todos os motivos acima são bobeira e é perfeitamente possível ter sucesso sem levar em conta estes motivos.

Cai Fora!

O primeiro passo é montar um plano de negócios para sua loja virtual, mesmo que ele seja simplificado. Veja algumas dicas no artigo “Faça um plano de negócios para montar sua loja virtual”.

→ Finalizando

Ter uma loja virtual personalizada sempre é bom para divulgar sua marca e dar mais credibilidade a suas vendas, porém uma loja virtual mal planejada pode acarretar na "queima" da marca e muitas reclamações por parte dos clientes. Por isto sempre consulte um especialista antes de montar o seu negócio virtual, pois podem existir outras soluções que podem ter desempenho melhor para seu ramo de atividade.

Sites comercializam fãs no Twitter e no Facebook

FERNANDA EZABELLA

DE LOS ANGELES

Quanto vale seguir alguém no Twitter? Ou "curtir" uma página no Facebook ou um vídeo no YouTube? Tem preço? Segundo sites no Brasil e no exterior, tem.

Serviços como Popular Fans, Social Jump, Big Follow e Twitter King oferecem esquemas dos mais variados, incluindo alguns irregulares, que colocam um seguidor do Twitter, por exemplo, valendo de R$ 0,0006 a R$ 0,31.

Os mais baratos em geral são "fantasmas", contas criadas por computadores, que só tuítam spam. Não interagem, servem só para engordar o número de seguidores.

Leia mais...

Oito Razões Para Precisar de Um Servidor

  1. Você pode criar ordem a partir do caos. Ao centralizar os dados em um servidor, você pode gerenciar melhores informações importantes sobre sua empresa. O compartilhamento de arquivos e de outros dados pelos PCs é facilitado, assim como a migração de dados de um PC para o outro. E como disse Laura, os PCs mais antigos ganham vida nova se seus arquivos e dados são depositados em um servidor. “Muitas pessoas estão comprando servidores e optando por manter seus velhos PCs e laptops," diz ela.
  2. Você pode proteger seus dados ao facilitar os backups. Dois recursos do Windows Small Business Server 2003, por exemplo, permite aos usuários protegerem seus dados de forma melhor ao simplificarem os backups e a restauração de dados importantes. Os recursos são o Assistente de Configuração de Backup e a Cópia de Volume de Sombra.
  3. Você pode colaborar mais como uma empresa. O compartilhamento de dados não apenas fica mais fácil com uma rede baseada num servidor, como o Windows Small Business Server 2003 já vem com o Windows SharePoint Services, é um software que permite aos seus funcionários e outros membros da equipe colaborarem entre si através da Web. Com o SharePoint, você ganha um portal de intranet da empresa com uma interface fácil de ser usada para organizar e compartilhar informações. Ele vem pré-povoado com documentos de ajuda e recursos. Um servidor também é essencial caso você queira executar aplicações line-of-business, tais como as soluções de contabilidade da Microsoft Business Solutions, em diversos PCs.
  4. Você pode acomodar uma força de trabalho móvel. Os servidores possibilitam que funcionários externos autorizados tenham acesso remoto à rede, permitindo os dados sejam compartilhados entre aqueles que viajam a trabalho, que trabalhem em casa ou mesmo em locais variados ou indeterminados. Através do Remote Web Workplace, os usuários do Windows Small Business Server 2003 podem ter acesso aos dados do servidor pela Internet. Os funcionários externos também podem se conectar com a intranet da empresa através do SharePoint.
  5. Você pode compartilhar o acesso de banda larga de alta velocidade. "Um dos grandes atrativos nas vendas de servidores para pequenas empresas é o acesso à Internet de alta velocidade em toda rede," diz Boggs da IDC. "Se eu estou administrando uma empresa que possui três ou mais contas de discagem, é hora de adquirir um servidor e usar banda larga." O retorno no investimento virá rapidamente, com o crescimento da produtividade, ele afirma.
  6. Você pode instalar novos computadores, adicionar usuários e implantar novas aplicações mais rápida e facilmente. Planeja expandir? Ao gerenciar seus dados a partir de uma localização central, você pode coordenar melhor a adição de novos PCs, licenças e aplicações de software. É possível também gerenciar firewalls e monitorar ameaças aos dados mais adequadamente e implantar proteção antivírus e detectar invasões mais facilmente.
  7. Você pode obter mais capacidade de processamento. Um servidor pode supercarregar a sua rede, armazenar grandes quantidades de dados, liberar espaço de memória, e permitir que os PCs individuais tenham um desempenho melhor. Segundo Laura DiDio, as pequenas empresas precisam hoje desta capacidade de processamento adicional para executar serviços Web services, gerenciar sites, preparar boletins de divulgação via e-mail, e usar ferramentas e aplicações mais sofisticadas. (Boggs prevê que no futuro mais e mais famílias irão adquirir servidores para atender as necessidades dos estudantes que usam seus PCs como laboratórios educacionais e de adolescentes que compram jogos online e outras aplicações sofisticadas.)
  8. Você pode mostrar-se mais profissional — e conectar-se melhor com seus clientes. Os softwares de servidor como o Windows Small Business Server 2003 permite a você consolidar suas contas de e-mail (AOL, Yahoo!, Hotmail, etc.) em uma única conta, hospedada pela empresa, realçando sua imagem profissional para clientes e parceiros. "Você poderia ter diversos nomes a partir de um só endereço de e-mail," diz Brelsford. "Um servidor pode fazer diversas empresas parecerem ser maiores do que realmente são." E Laura DiDio acrescenta, "Isso não só oferece mais pelo seu dinheiro; faz com que você pareça ser mais profissional para aqueles que querem fazer negócios com sua empresa."

Leia também: Como saber se está na hora de comprar um servidor

 

Fonte: https://www.microsoft.com/brasil/security/smb/8razoes.mspx

Cursos On Line

É possível fazer cursos pela Internet no MIT e Harvard e também por  Stanford, Princeton, Michigan e Pennsylvania.

Chega à Internet as plataformas EadX - http://www.edxonline.org e Coursera - https://www.coursera.org.

São ótimas oportunidades para fazer seu curso on line e atualizar-se profissionalmente.

 

 

Como saber se está na hora de comprar um servidor

Se pretende colocar um servidor em sua empresa, mas ainda tem dúvidas se esta no momento certo para fazer isto segue algumas dicas que poderão lhe ajudar na decisão:

  • Você tem duas ou mais contas de internet em sua empresa.
  • Você precisa centralizar e organizar seus dados (nem sempre encontra o que está procurando ou tem informações duplicadas).
  • Você precisa compartilhar equipamentos de hardware como impressora, scanner e fax entre dois ou mais PCs (redes ponto a ponto significam muitos cabos para tropeçar).
  • Você precisa simplificar os backups para manter seus dados mais seguros.
  • Seus funcionários às vezes viajam a trabalho, trabalham em casa ou em local indeterminado e querem estar conectados à rede.
  • Você pode se beneficiar de uma intranet (seus funcionários que viajam e trabalham em casa nem sempre se lembram de mantê-lo informado).
  • Você precisa armazenar grandes quantidades de dados (e seus PC sobrecarregados gemem e se contraem quando você adiciona mais dados).
  • Você gostaria de executar um software de contabilidade ou outra aplicação line-of-business em mais de um PC.
  • Sua empresa está em fase de expansão e planeja adquirir novos computadores e funcionários.
  • Você quer fazer negócios e ter uma imagem profissional.
  • Os seus PCs são velhos e você quer se livrar deles. Um servidor facilita a migração.
  • Os seus PCs são velhos e você quer mantê-los. Um servidor tira a sobrecarga dos PCs.

Ainda tem dúvidas? Entre em contato, podemos ajuda-los em sua decisão.

 

fonte: https://www.microsoft.com/brasil/security/smb/8razoes.mspx

Microsoft anuncia o fim do MSN Messenger

O MSN Messenger vai acabar no começo de 2013. O anúncio foi feito pela Microsoft nesta terça-feira. A empresa passará a usar o Skype para envio de mensagens instantâneas e conversas por vídeo, entre dois ou em grupo, inclusive em telefones e com os amigos do Facebook.

Leia mais...

Documentos do Google Docs poderão ser editados no Microsoft Office

Image 5 Em breve, será possível também modificar arquivos do editor de textos do Google em iPads e smartphones com o Android.

Leia mais...

Dilma diz que governo quer garantir qualidade da internet no país

Brasília – A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (10) que o governo pretende garantir a qualidade da internet banda larga no país. Ao comentar medidas anunciadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) sobre o assunto, a presidenta destacou que o país registra atualmente 78 milhões de conexões banda larga, sendo 59 milhões de internet portátil.

Leia mais...

Quatro formas de testar o Linux sem risco de danificar o Windows

Image 3 Todos tem a curiosidade de operar, testar ou pelo menos ver o funcionamento de um Sistema Operacional Linux. Mas ainda há um certo receio de que quando instalar perca-se os arquivos, as configurações e outras dificuldades. Diante desses empecilios resolvemos disponibilizar alguns caminhos para teste o linux sem problemas ou complicações.

Leia mais...